Espaço do Associado: ‘Fadas & Piratas’

Espaço do Associado: ‘Fadas & Piratas’

Esta semana o grande destaque do Espaço do Associado da AEVC vai para a loja de pronto a vestir ‘Fadas & Piratas’, numa entrevista conduzida por Olga Pinto.

1-Quando surgiu a empresa Fadas  & Piratas?

A empresa Fadas & Piratas surgiu em Setembro de 2015.

2-As “mentoras” deste projeto são mesmo da área de Viana do Castelo?

Sim, somos da área de Viana do Castelo, mais especificamente de Castelo do Neiva.

3-O que as motivou a criar este tipo de empresa, no centro da cidade de Viana do Castelo?

A primeira grande motivação foi a paixão pelas crianças, visto que sempre exercemos a nossa actividade profissional na área infantil. Depois, pensamos que seria uma mais valia para a nossa cidade ter maior diversidade na área do vestuário infantil, com um atendimento mais personalizado.

4-Qual o conceito do negócio? E que tipo de características tem? Que tipo de serviços tem para oferecer?

A nossa loja destina-se essencialmente a crianças/jovens dos 3 aos 16 anos. Tem uma linha de vestuário que embora casual, pretende diferenciar-se do comum, no sentido dos clientes encontrarem peças diferentes. Tem também uma linha cerimónia/chic que pretende servir o cliente para momentos ou ocasiões especiais. Nesta linha trabalhamos por exemplo, com a marca Piccola Speranza, uma marca de luxo acessível, localizada em Portugal. É uma marca portuguesa  que tem também visibilidade no estrangeiro em países como Itália, Holanda. Bélgica, Rússia, Reino Unido, EUA.
Na nossa loja procuramos ter uma boa relação preço/qualidade e damos prioridade ao atendimento personalizado. É nosso objectivo ir ao encontro das necessidades dos clientes, oferecemos serviço de costura na adaptação do vestuário. É importante para nós garantir uma relação de confiança com o cliente.

5-Quais as expetativas enquanto empresário, para este negócio, nesta zona?

As nossas expectativas enquanto empresárias é que o nosso negócio se expanda, que possamos diferenciar-nos dentro da nossa área, adequando-nos sempre ao mercado e às necessidades do cliente.

6 – Quais as expectativas de se ter tornados sócios da AEVC?

As nossas expectativas enquanto sócias da AEVC é que a associação nos apoie nas dificuldades que possam surgir. Que organizem eventos, actividades ou projectos que divulguem a nossa loja e valorize o comércio tradicional em geral.

Seja Associado!