CEVAL discute a Economia do Mar em Seminário que quer dar um Novo Rumo a Norte

CEVAL discute a Economia do Mar em Seminário que quer dar um Novo Rumo a Norte

Decorreu na última quarta-feira, 27 de Abril, o Seminário intitulado ‘O Mar: Um Novo Rumo para a Economia’, que teve lugar no Hotel Flor de Sal, em Viana do Castelo. O evento foi organizado pela CEVAL – Confederação Empresarial do Alto Minho em parceria com a AEP – Associação Empresarial de Portugal, iniciativa inserida no projeto Novo Rumo a Norte.

Com o objetivo de discutir a Economia do Mar, este Seminário contou com a presença de Luís Ceia, Presidente da CEVAL, que abriu a sessão e aproveitou para realçar a importância deste projeto para a constituição de uma rede colaborativa, que em articulação com as associações que compõem a CEVAL, possa servir melhor e mais eficazmente as PME’s da região.

A iniciativa contou ainda, durante a sessão de abertura, com a presença de José Maria Costa, Presidente da CIM Alto Minho, de Luís Miguel Ribeiro, Vice-presidente da AEP e Diretor do projeto Novo Rumo a Norte, e de Emídio Gomes, Presidente da CCDR-N.

O painel ‘O mar como potenciador da Economia: incentivos e testemunhos?’, que lançou o mote para o Seminário, decorreu já durante a tarde, e foram diversos os especialistas que intervieram, contribuindo para o esclarecimento e definição de caminhos para o desenvolvimento da economia ‘azul’.

De destacar a intervenção de Brògueira Dias, Presidente do Conselho de Administração da APDL – Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, ao afirmar que o Porto de Viana tem capacidade para dobrar o seu volume de carga transacionada, sendo que durante o primeiro trimestre deste ano, passaram 120 mil toneladas de mercadoria, o que corresponde a um aumento de 17% face ao mesmo período do ano anterior.

Já Carlos Martins, presidente da WestSea, apelou para a criação de melhores condições para a empresa – docas com maior largura e profundidade, e aumento do prazo de concessão – afirmando assim que poderão a medio prazo atingir a criação de 1000 empregos diretos.

O projecto Novo Rumo a Norte visa facilitar o acesso à informação com valor estratégico para os agentes da região – através de uma plataforma online e dos serviços das associações que integram a rede colaborativa – e assegurar um aconselhamento técnico de proximidade, o apoio especializado no desenho de candidaturas a programas comunitários e o acompanhamento do respetivo processo, até à conclusão do investimento ou da acção apoiados ao abrigo de programas de âmbito regional, nacional ou europeu.

A par disto, o Novo Rumo a Norte potencia ainda a coesão da região, esbatendo as assimetrias e contribuindo para a melhoria dos indicadores sócio-económicos em toda a região Norte.

13043551_974509062602952_5169689995553393927_n 13043564_974361015951090_7448914296236912574_n 13051653_974360322617826_1724822568965768962_n 13051732_974360575951134_5733602897541353815_n 13055313_974509882602870_3548212274023818580_n 13061989_974361255951066_8915628907234932315_n 13062034_974508249269700_415497717929685705_n 13062189_974361375951054_4717653659907195310_n 13062341_974360175951174_6837797938252919382_n 13062446_974509752602883_4073915715187402074_n 13076650_974359902617868_8256007941036747154_n 13076725_974509165936275_7935537037455945373_n 13083141_974508145936377_3706906780687594510_n 13087637_974507982603060_3113261012857969026_n 13092091_974508975936294_5922558288192424487_n 13094129_974507742603084_2269410502379998699_n 13096098_974360382617820_2653473609692079390_n 13096279_974510072602851_1528211126679881004_n 13100774_974509665936225_486132428084799848_n 13100814_974360839284441_1973374245695346678_n 13119085_974509575936234_2231483474947066881_n 13124688_974509939269531_2830398970937892040_n 13124890_975344279186097_229475198029034793_n

Seja Associado!