AEVC reúne com Executivo CMVC e agentes económicos para perspetivar cenário pós-pandemia

AEVC reúne com Executivo CMVC e agentes económicos para perspetivar cenário pós-pandemia

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, e o Vereador com o pelouro do Desenvolvimento Económico, Luís Nobre, reuniram hoje com diversos agentes económicos para fazer uma auscultação do ponto de situação e perspetivar a economia do concelho no contexto pós-pandemia.

A reunião, que incluiu representantes de diversos setores, como a Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC), empresários do setor do turismo, da área industrial, da indústria tecnológica, da hotelaria e da Cooperativa Agrícola de Viana do Castelo, foi pedida pelo autarca e pelo vereador, que querem preparar da melhor forma o cenário económico pós-pandemia e criar um programa de dinamização da atividade económica, da hotelaria, da restauração e das atividades tecnológicas e empresariais.

Durante a reunião, os representantes salientaram que as diversas medidas que o Governo tem vindo a implementar são positivas, mas foram identificadas diversas dificuldades na legislação, sobretudo no que toca à aplicação do lay-off e ainda no mecanismo de financiamento de empresas através do crédito, que necessita ser agilizado uma vez que o procedimento é muito burocrático e conta com enormes exigências por parte do sistema bancário, atrasando assim a sua implementação.

Da reunião, destaca-se ainda a necessidade de uma maior informação a ser dada aos setores da advocacia e das empresas de gestão e contabilidade, que dão suporte sobretudo às pequenas e médias empresas, pelo que se torna necessária a intensificação de ações de informação e de formação sobre a legislação e sobre os procedimentos a serem tomados para apoiar estas empresas.

Os intervenientes nesta reunião de trabalho consideram ainda ser necessário criar um manual claro e objetivo sobre as regras de proteção individual e de distanciamento social, dos equipamentos de proteção que estão certificados ou que são aconselháveis para os setores do comércio, serviços e hotelaria. É ainda necessário o reforço da promoção dos produtos endógenos (agrícolas, hortícolas, da floricultura e da produção animal), garantindo um melhor escoamento dos pequenos produtores e agricultores que, neste momento, estão a sentir dificuldades em escoar os seus produtos por causa do cancelamento das feiras.

Outra das necessidades sentidas tem a ver com as medidas de apoio ao setor do pequeno comércio, hotelaria e turismo a fundo perdido, uma vez que estes serão os setores que serão mais afetados pois, para se adaptarem às novas medidas de distanciamento social, terão que implementar novos ‘layouts’ em restaurantes, cafés e hotéis, medida que que traz maiores custos e menores receitas, sendo que se estima que este setor do turismo vai demorar dois anos até conseguir estabilizar a atividade.

Durante a reunião, ficou ainda acordado criar e implementar um Plano de Comunicação e Marketing para o Alto Minho e para Viana do Castelo, muito centrados nos ativos do território, nomeadamente nas atividades ambientais, de saúde e bem-estar, património cultural e construído, mas também no setor das atividades desportivas náuticas e de natureza.

Na sequência da reunião, o autarca de Viana do Castelo e o Vereador com o pelouro do Desenvolvimento Económico vão agora promover duas ações fundamentais para dar sequência ao abordado na reunião: uma delas é fazer chegar às entidades governamentais os resultados e sugestões apresentadas hoje; e a segunda é, em conjunto com o movimento empresarial, designadamente com a Associação Empresarial de Viana do Castelo, implementar um conjunto de programas e planos de ação com vista à dinamização e reativação de atividades económicas, muito focados nas pequenas e médias empresas.

De lembrar e sublinhar ainda que o Vereador Luís Nobre tem estado em reuniões e contactos com a AEVC, procurando dinamizar dois projetos importantes para o território, designadamente o comércio eletrónico e o roteiro das Lojas Memória, valorizando o comércio tradicional e a empregabilidade.

Seja Associado!