Espaço do Associado: Friking

Espaço do Associado: Friking

SDC13701 SDC13700 SDC13699 SDC13698 SDC13697 SDC13696 SDC13695 SDC13694 SDC13693 SDC13691

Quando surgiu a Friking?

A Friking surgiu em 7 de Outubro de 2016, após uma pesquisa de um conceito de roupa e acessórios atuais e modernos e urbanos que na cidade de Viana não existia.
O que é que levou um empresário da área do alojamento turístico – área de Lanheses – a criar um negócio no centro da cidade?
Estando ligado à área de turismo em espaço rural, esta atividade não me impediu de abraçar um projeto de características completamente distintas (a Friking).
Verificando a ausência de roupa e acessório de cariz contemporâneo, ligados ao dia-a-dia de todas as faixas etárias, e depois de várias respostas da massa critica vianense, rapidamente conclui que era a Friking a solução.
Qual o conceito do negócio?

A Friking é uma marca com um toque de humor inteligente de grande impacto visual. As ilustrações são realizadas pelos melhores artistas internacionais, inspirados nos mais reconhecíveis e recentes filmes, séries BD e videogames que agradam a todas as idades. É isto a Friking.
Quais as expectativas enquanto empresário, para este negócio, em Viana do Castelo?

Um negócio será sempre tanto melhor quanto melhor for para ambas as partes. Com isto quero dizer que sendo uma fonte de rendimento para quem investe nunca deixará de ser uma das mais-valias para todos os potenciais clientes desta marca.
A Friking irá certamente contribuir para uma aproximação ao mundo do cinema: filmes, séries, BD e videojogos, uma vez que na Friking a raiz do conceito é exatamente a identificação do cliente com as suas preferências neste domínio. Daí a Friking oferecer vestuário e acessórios, únicos, exclusivos que diferenciam cada um dos clientes que os elegem. A satisfação da Friking é a satisfação dos seus clientes. É o prazer de contribuir para uma cidadã cada vez mais atual, moderna e sobretudo alegre e feliz.
Quais as expectativas de se ter tornado sócio da AEVC?

Acredito que uma das principais lutas da AEVC seja a defesa do comércio tradicional, sabendo que passará sempre pela compatibilidade com Centros Comerciais e grandes superfícies. Espero essa defesa, apoio, divulgação, e formação dos comerciantes que com dificuldade tentam dar vida às ruas de Viana. A cidade são as pessoas, as suas casas, as suas lojas, as suas ruas. O convívio dos vizinhos. A minha expectativa é que a AEVC contribua para uma cidade viva, dentro das suas competências. A Friking quer fazer parte deste percurso e sabendo que a união faz a força, tornou-se sócia da AEVC.

 

 

Seja Associado!