Presidente da AEVC aponta algumas das causas para a baixa competitividade de Portugal

Presidente da AEVC aponta algumas das causas para a baixa competitividade de Portugal

Luís Ceia, Presidente da CEVAL e AEVC, revelou recentemente em entrevista ao Jornal Vida Económica, algumas das razões que têm bloqueado a competitividade de Portugal. Entre algumas das razões apontadas para esta realidade encontra-se o peso da máquina do Estado e a falta de articulação entre a formação e o mercado de trabalho, que segundo Luís Ceia, deveria contar com um maior envolvimento das empresas.

(Esta participação inseriu-se no âmbito da notícia apresentada pelo Jornal Vida Económica que levou Portugal a cair três lugares no Ranking Anual de Competitividade da escola de gestão IMD, na Suíça.)

Leia abaixo entrevista na íntegra.

close

Seja Associado!