Borgwarner investe mais 25 milhões de euros no Parque Empresarial de Lanheses

Borgwarner investe mais 25 milhões de euros no Parque Empresarial de Lanheses

Em cerimónia presidida pelo Primeiro-Ministro, António Costa, foi lançada a primeira pedra e apresentado o terceiro investimento da Borgwarner em Viana do Castelo. Representará uma aposta de 25 milhões de euros e vai gerar 300 novos empregos na unidade industrial que está a nascer no Parque Empresarial de Lanheses, a juntar-se aos cerca de mil funcionários da empresa americana.

Na cerimónia, que contou também com o Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, e onde a AEVC esteve representada pelo seu Presidente, Manuel Cunha Júnior, foi apresentada a nova fábrica da multinacional americana, que corresponde a um edifício com aproximadamente 17 mil m2. A unidade vai começar a produzir motores elétricos para o setor automóvel em 2023 e resulta da aposta na transição energética, estimando que, em 2030, 45% do negócio da BorgWarner estará centrado na produção de motores elétricos”.

A primeira fábrica da Borgwarner em Viana do Castelo foi inaugurada em Novembro de 2014, prevendo-se a criação à época de 650 postos de trabalho. A fábrica inicial foi entretanto ampliada e alargada a 1.000 funcionários, num percurso que tem sido pautado por uma “relação virtuosa” entre Borgwarner e Município.

O Parque Empresarial de Lanheses emprega atualmente cerca de 2.400 pessoas, acolhe onze investimentos industriais e prepara-se para novos empreendimentos a breve prazo. Constituído em 2001, este Parque, o maior do concelho, acolhe, para além do ‘cluster’ das energias renováveis da Enercon, empresas dos mais diversos setores de atividade, desde o automóvel, distribuição e transformação alimentar, metalomecânica ou transformação de vidro.

O projeto do parque empresarial de Lanheses foi lançado em 2000 numa parceria entre a AEP – Associação Empresarial de Portugal, a CMVC – Câmara Municipal de Viana do Castelo e a AEVC – Associação Empresarial de Viana do Castelo.

Seja Associado!