Ministro da Economia destaca “última década verdadeiramente extraordinária” de Viana do Castelo

Ministro da Economia destaca “última década verdadeiramente extraordinária” de Viana do Castelo

O Ministro da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, esteve ontem em Viana do Castelo para marcar presença na tomada de posse do Conselho Empresarial Estratégico vianense. O governante considerou que a última década foi “verdadeiramente extraordinária” para a economia de Viana do Castelo e do Alto Minho.

Siza Vieira destacou o “grande crescimento da produtividade”, com empresas a fazerem novos e avultados investimentos, elogiando as “excelentes condições que o Município coloca à disposição das empresas”. “Esta é a receita para o país”, vaticinou o governante.

Na cerimónia de tomada de posse do Conselho Empresarial Estratégico, o Presidente da Câmara Municipal, José Maria Costa, referiu que “a palavra forte tem de ser cooperação, quer a nível institucional quer empresarial”, indicando haver uma necessidade de concertação “para os novos desafios”.

O Vereador com o Pelouro do Desenvolvimento Económico, Luís Nobre, agradeceu o trabalho que tem sido feito pelos empresários que “acreditam no nosso território” e que permitem a “projeção global” de Viana do Castelo.

Já o Presidente da Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC), Manuel Cunha Júnior, considerou que a constituição deste Conselho é uma “excelente oportunidade para, de forma setorizada, ouvirmos as prioridades e preocupações”.

A Câmara Municipal e a Associação Empresarial de Viana do Castelo constituíram o Conselho Empresarial Estratégico com o propósito de promover um ambiente favorável ao investimento, inovação e desenvolvimento sustentado. O Conselho tem como objetivos analisar a situação económica e social do concelho, identificar oportunidades de investimento na melhoria dos fatores de competitividade, promover parcerias estratégicas para o desenvolvimento económico e social do concelho; preparar os instrumentos que permitam ao município desenvolver políticas e medidas que revitalizem a economia do concelho.

Visa ainda construir um quadro estável de funcionamento que promova consensos sobre projetos e ações de especial interesse para o concelho e região nos domínios das infraestruturas, energia, economia circular, atração de investimento, formação profissional e estratégias de inovação; colaborar com os órgãos municipais no aconselhamento das políticas de desenvolvimento económico e internacionalização; contribuir para um melhor conhecimento dos indicadores económicos e sociais do município; e promover o alargamento desta parceria a outras instituições e entidades associativas com atividade relevante na região norte.

Seja Associado!