Avançar para o conteúdo
Início » Viana do Castelo vive “Páscoa Doce” com feira de iguarias, desfile, procissões, música e animação

Viana do Castelo vive “Páscoa Doce” com feira de iguarias, desfile, procissões, música e animação

    Entre 23 de março e 1 de abril, Viana do Castelo volta a viver a “Páscoa Doce” com uma programação que integra diversos momentos religiosos, feira de iguarias, desfile, procissões, música e animação, numa proposta que promete encantar vianenses e visitantes, unindo o religioso e o profano.

    Organizado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, a Diocese de Viana do Castelo e a Associação Empresarial de Viana do Castelo, com a colaboração da Vianafestas, o programa conjuga fé e devoção com alegria e animação.

    Na conferência de imprensa de apresentação da Páscoa Doce, o Vereador da Cultura, Manuel Vitorino, indicou que esta é “uma quadra muito relevante para os cristãos, que é vivida com muita alegria nas freguesias” e que, por isso, o programa une quadros associados à religiosidade popular, à festa e à gastronomia, com o objetivo de “promover o território, a nossa identidade e memória”.

    A novidade deste ano é a Mordomia do Senhor dos Passos, dia 23 de março, à tarde, que pretende “agarrar numa componente etnográfica dos momentos solenes, onde as senhoras, principalmente as mais jovens, envergavam trajes de festa de dó, com cores mais sóbrias”, num desfile que vai acontecer entre o Largo de São Domingos e o Passeios das Mordomas, contando com a participação dos grupos folclóricos e aberto à participação da comunidade (inscrições no Museu do Traje), para “aproveitar os visitantes e apresentar um património cultural e imaterial ainda muito vincado nas nossas terras”.

    O Pároco da Sé Catedral, Armando Dias, reforçou que Viana do Castelo vive uma Páscoa Doce devido à “alegria e doçura que faz parte de Deus”. Destacou a noite da Quinta-Feira Santa, com a Visita às Igrejas e Capelas, momento que traz “muitíssima gente à cidade”, e a Via Sacra, na Sexta-feira Santa, entre a Igreja da Senhora da Agonia e a Sé.

    O Vice-presidente da Associação Empresarial de Viana do Castelo, Nuno Barbosa, considerou que este é “um momento importante para a cidade e a comunidade” e destacou o Fim-de-semana Gastronómico (22 a 24 de março), a Mesa de Páscoa, a Mordomia do Senhor dos Passos e toda a dinâmica que convida “a conhecer mais e melhor as tradições do Alto Minho”.

    Pelo segundo ano consecutivo, a Praça da República transforma-se, de 23 a 30 de março, na Mesa da Páscoa – Feira de iguarias de Páscoa, com produtos gastronómicos associados a esta celebração, convidando a uma visita ao centro histórico e à compra no comércio tradicional.

    No sábado, 23 de março, a Mesa da Páscoa funciona das 10h00 às 19h00. Dias 24, 25, 26 e 27, de domingo a quarta-feira, o horário será das 12h00 às 22h00. Entre a Quinta-feira Santa e Sábado Santo, dias 28, 29 e 30 de março, a feira de iguarias estará disponível das 15h00 à 00h00.

    No primeiro dia de programa, 23 de março, das 10h00 às 13h00, a Praça da República acolhe ainda o Feirão da Patanisca, com o Grupo de Danças e Cantares de Perre e Grupo Folclórico e Cultural de Danças e Cantares de Carreço.

    Nessa tarde, a partir das 16h30, a Páscoa Doce integra a Mordomia do Senhor dos Passos, com um percurso que inicia no Largo de S. Domingos, passando pela Rua Manuel Espregueira, Avenida dos Combatentes da II Grande Guerra, Rua da Picota, Praça da República e Passeio das Mordomas da Romaria, integrando música e trajes à vianesa mais solenes.

    Nesse sábado, às 10h00, a praça rainha acolhe ainda um workshop de Palmitos. Sábado e domingo, das 10h30 às 11h30, será também promovido o workshop Ramos de Madrinha, no mesmo local.
    Nessa primeira noite, às 21h00, a Via Sacra de Alvarães faz um percurso entre a Igreja S. José e Igreja S. Miguel, numa recriação religiosa que envolve grande parte da população da freguesia há já 40 anos.

    No domingo de ramos, 24 de março, o programa religioso integra, às 10h30, Bênção e Procissão de Ramos, com Missa da Paixão na Sé de Viana do Castelo. Às 15h30, Oração de Vésperas e Procissão do Senhor dos Passos pelas ruas do centro histórico, com Sermão do Encontro na Praça da República.

    Também neste domingo, a recriação bíblica da Entrada Triunfal de Jesus em Jerusalém acontece na freguesia de Alvarães, na Igreja S. Miguel, às 10h00.

    Dias 26 e 27 de março, novos workshops – Ovos da Páscoa e Mãos no Doce -, na Praça da República, das 10h30 às 12h30 e das 15h00 às 17h00.

    Na Quinta-feira Santa, a Sé Catedral acolhe a Missa Crismal, pelas 10h00. Às 19h00, aquele espaço religioso é palco da Missa Vespertina da Ceia do Senhor, com Lava-pés, apresentação das ofertas para os pobres e Procissão do Santíssimo Sacramento.

    Nessa noite, a cidade promove a tradicional Visita às Igrejas e Capelas, num verdadeiro roteiro religioso por 23 espaços. Entre as 20h00 e as 24h00, estarão abertas à oração: Sé Catedral, Igreja da Misericórdia, Capela de N.ª Sr.ª do Resgate (Rua da Bandeira), Igreja de N.ª Sr.ª da Caridade, Capela da Casa da Carreira (Câmara Municipal), Capela das Almas, Igreja do Seminário do Carmo, Igreja Paroquial de N.ª Sr.ª de Fátima, Igreja da Sagrada Família, Capela de N.ª Sr.ª d’Agonia, Capela de S. Roque (junto à da Sr.ª d’Agonia), Capela do Carmelo de St.ª Teresinha, Capela do Seminário Diocesano, Capela de N.ª Sr.ª das Candeias (Largo Vasco da Gama), Capela de Santa Catarina, Igreja Paroquial de Monserrate (Igreja de São Domingos), Capela do Senhor do Calvário / Capela de N.ª Sr.ª da Conceição da Rocha (junto à Sr.ª d’Agonia), Santuário do Sagrado Coração de Jesus-Santa Luzia, Capela do Hospital, Igreja de São Bento, Capela de São Francisco de Paula (Capela das Malheiras), Capela do Museu de Artes Decorativas (Largo de S. Domingos) e Capela do Navio Gil Eannes.

    Nesse mesmo dia, das 10h00 às 24h00, o Museu de Artes Decorativas apresenta, no âmbito das suas exposições permanentes, Arte Sacra | Serviços de Mesa | Mesa da Páscoa.

    Na semana santa, propõe-se também um Roteiro Doce, para que os visitantes vivam uma outra tradição pascal doce e, em número ímpar, qual igreja ou capela, provem os doces e as iguarias das pastelarias vianenses.

    Na Sexta-feira Santa, 29 de março, às 10h00, Ofício de Leituras e Laudes – Sé Catedral. Às 15h00, Celebração da Paixão do Senhor e, às 21h00, Via-Sacra na Cidade.

    No Sábado Santo, 30 de março, às 11h00, a DIXIE BAND – Zé Pedro Associação Musical de Viana do Castelo promove uma arruada pelo centro histórico. As Queimas de Judas são já tradição no concelho vianense: às 11h00, em cortejo pelas ruas da cidade a partir da estação de comboios (chegada às 12h00 ao Campo d’Agonia), às 21h00 no Adro da Igreja Paroquial de Deocriste e às 23h00 no Largo das Neves.

    No Domingo de Páscoa, a Câmara Municipal de Viana do Castelo abre as portas ao Compasso Pascal às 9h00. Já a Sé Catedral tem eucaristia marcada para as 9h30, 11h00 e 18h00.

    Páscoa a Três, no Largo das Neves, encerra a programação às 12h30 de dia 1 de abril, com um conjunto de iniciativas que se desenvolvem no período pascal nas comunidades que brindam na Mesa dos Três Abades – Barroselas, Mujães e Vila de Punhe.