Zona Industrial do Neiva – Criada a Comunidade de Energias Renováveis

Zona Industrial do Neiva – Criada a Comunidade de Energias Renováveis

Foi esta semana assinado um Memorando de entendimento para a criação de uma Comunidade de Energias Renováveis (CER) na Zona Industrial do Neiva.

A assinatura deste documento, com a presença do Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba. entre a Câmara Municipal de Viana do Castelo, três empresas instaladas na Zona Industrial do Neiva – Browning, Lacoviana e Portilame – e a Martifer Renewables marca o início da primeira Comunidade de Energia Renovável da Região do Alto Minho e é o resultado de um forte compromisso de todas as entidades envolvidas com a sustentabilidade da região.

Esta Comunidade vai permitir a auto-produção e o auto-consumo de energias renováveis para as empresas aderentes, reduzindo os custos energéticos das mesmas, aumentando a competitividade e também a produção de energias renováveis através de sistemas eólicos ou fotovoltaicos. Dentro de um ano e meio vão passar a produzir 47,6 % da energia que consomem anualmente, a partir de fonte 100% renovável.

A CER corresponde a um projeto de autoconsumo a partir de fontes de energia renovável em que um conjunto de entidades se une para produzir e consumir energia, com a possibilidade de armazenar e vender a energia excedente. Para tal, está prevista a construção de um parque eólico de 4,2 Megawatt (MW), com uma produção anual estimada de 9.232 Megawatt-hora (MWh). De acordo com o memorando, “este projeto, que resulta de união de esforços entre as empresas e o Município de Viana do Castelo, permitirá uma forte redução da fatura energética das empresas, superior a 25%, com um forte contributo para a descarbonização e para a sustentabilidade da região.

No Parque Empresarial de Lanheses está também a ser constituída uma segunda Comunidade de Energias Renováveis com o mesmo objetivo e envolvendo as empresas Borgwarner, Steep Plastique, Recial, Equinovento e Eurostyle Systems Portugal.

Seja Associado!